Jedi Tux

O que é um comando no GNU/Linux

Posted in Bash by Fernando Basso on 8 de setembro de 2009

Cada ferramenta tem suas opções. Temos opções como o -v ou -V ou -r ou -R que na maioria das vêzes são respectivamente verbose (mostra o que está acontecendo enquanto o comando está em execução) ou version (versão do software/aplicativo), –recursive, como cp-Rmusic//mnt/backup/ que copiaria a pasta music com tudo o que tem dentro ou chown -R jedi_tux music/ que mudaria o dono da pasta music com tudo o que existir tudo dentro dela. O jedi_tux passaria a ser dono da pasta music.

As opções podem ser passadas em forma curta ou longa, mas nem sempre uma ferramenta tem forma curta e longa para todas as opções.

O ls por exemplo não tem -h como forma curta de –help. O -h nesse caso é a forma curta de –human-readable

Para ter uma descrição rápida das opções de cada ferramenta com suas formas curtas e longas use ferramenta acompanhada de –help como em ls –help, ou cp –help

Li num livro que aprender os comandos do Linux é como acodender a falar uma nova lingua. Concordo com o autor do livro.

As ferramentas podem formar uma sinergia e são simbiontes. Podemos usar pipes para “emendar” um comando no outro e assim executar tarefas que não estão previstas na função original de uma ferramenta. Como “emendar” comandos quero dizer: enviar o output/saida de um comando para o input/entrada de outro.

Veja o uso de um pipeline simples mas bem útil:
ls -lh | grep .mp3
ls -l -h | grep .mp3(human-readable na forma curta).
ls -l –human-readable | grep .mp3 (human-readable na forma longa) (Os três comandos fazem a mesma coisa.) Isto irá listar os arquivos no diretório em que voçê está, mostrando as permissões (-l) e o tamanho em –human-readable (-h) mas apenas os arquivos que possuem .mp3 no nome (grep). O | (pipe) levou a saida do ls -lh para a entrada do grep que por sua vêz filtrou o resultado e só mostrou o que voçê pediu (.mp3)

Perceba que a opção -l (L), vem da palavra long, que seria, “liste os arquivos com uma loga lista de informaçães. Ou seja, “mostre os arquivos detalhadamente”. Mas você não pode usar ls –long. (Por algúm motivo os desenvolvedores do ls resolveram colocar à nossa disposição a forma curta e longa de human readable, mas não fizeram o mesmo com a opção long, e o mesmo acontece com todas as outras ferramentas e opções.) Outra coisa é que quando se usa a forma curta das opções tanto faz usar ls -lh ou ls -l -h. Legal não!?

Sempre use o –help para saber quais opções uma ferramenta possui, e quais tem forma longa e curta, só curta ou só longa.

Veja também que comando não é igual a ferramenta ou aplicativo.

ls é uma ferramenta. Se voçê usar ls sem nenhuma opção e/ou argumento voçê está dando um comando para o sistema executar a ferramenta ls. Ferramenta executa uma tarefa bem definida. O ls é usado para listar os arquivos e por mais que tenha opções que podemos usar, ele vai listar arquivos e ponto final. Ele é uma ferramenta.

O exemplo ls -lh | grep .mp3 usa ferramentas (ls, grep) , opções(-lh), argumentos(.mp3), e um operador, o querido pipe ” | “. Todos juntos formam um comando que o sistema executa.

Quando voçê digita ls -lh | grep .mp3 e tecla enter, é mais ou menos isso: “Execute todas as ferramentas, opções, argumentos e operadores na ordem em que estão” Então o intercodetador de comandos vai fazer o que voçê mandou.

É bom ter essa noção básica sobre a diferênça entre comandos e as ferramentas com suas opções e argumentos. Já um aplicativo podemos dizer que são os programas com interface gráfica, e que geralmnte fazem muitas coisas diferentes, como o nero ou k3b que fazem muito mais do que apenas gravar DCs e DVDs.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: