Jedi Tux

Expressões Regulares no BASH – Parte 2

Posted in Bash by Fernando Basso on 25 de dezembro de 2011

BASH – Expressões Regulares – Parte 2

Sunday, 10:47 – December 25 – 2011

  1. Extrair Nome do Script ou o Path para o Script
  2. Verificando por Sub-Strings
  3. Substituições Básicas
  4. Remover do início da string
  5. Remover do fim da string

Dando continuação aos exemplos do primeiro tutorial sobre expressões no
bash, vamos a mais alguns exemplos diversos, que basicamente usam o que já
aprendemos anteriormente.

Extrair Nome do Script ou o Path para o Script

Sabemos que no linux os caminhos de diretórios são compostos pelos nomes
dos diretórios separados pela barra (/). Em muitos dos nossos próximos
exemplos, a barra não será usada como delimitador, mas como o próprio
elemento que queremos encontrar. Tenha isso em mente enquanto estuda os
próximos exemplos.

A variável “$0” é interna do bash, e ela mostra o nome do script.
Se executamos o script do diretório onde ele está, tudo bem, o output
mostrará o nome do script normalmente.

echo "$0"

É lógico que a variável $0 só fará sentido se utilizada
dentro de um script. Para testar pela linha de comando podemos simular
criando uma variável que contém um path (caminho) qualquer e usar a essa
variável em vez de $0:

var="/usr/local/bin/my_script"

Continuando o assunto, se o script está em /usr/local/bin/
por exemplo, então $0 vai mostrar o caminho completo do arquivo, e não
apenas o nome dele. A solução é deletar a parte que não queremos.

echo "${0##*/}"

NOTE que agora o / não é mais o delimitador. Ele é o próprio
caractere que queremos encontrar. Suponha que o script se chama
my_script, então o caminho completo será
/usr/local/bin/my_script. Em português ficaria “mostre o
conteúdo da variável $0, e delete tudo (*) até a ultima barra possível (/).
Restará só o nome final: my_script

.

Por outro lado, se queremos mostrar somente o caminho, sem o nome do
arquivo propriamente dito, temos que deletar de trás pra frente, usando o
'%' ou o '%%'.

echo "${0%%/*}"

Em português, “do final da string (%%), delete tudo (*) até encontrar a
barra (/). Sei que é estranho, por que mesmo sendo de trás pra frente, o
‘%%’ continua logo após a variável, como é o caso do ‘#’ ou ‘##’. O jeito é
acostumar, pois é assim mesmo.

Os créditos do próximo exemplo vão para mywiki.woolege.org. A
única coisa que fiz foi tentar explicar de uma maneira um pouco
diferente.

Digamos que não queremos apenas o nome final, mas as duas ultimas partes.
Bom, vamos pensar um pouco por vez. Primeiro, pegamos as partes que não
queremos, e salvamos em uma variável. Antes vamos testar. Vamos ver se a
expressão está realmente mostrando somente a parte que não queremos:

echo "${var%/*/*}"

Deleta do final até a primeira barra (/*) e deleta mais uma vez até a
próxima barra (/*). Por isso usamos /*/*. Agora sim, assine
essa regexp na variável tmp. Veja que executando o
echo, acima na verdade a espressão está deletando as duas ultimas
partes. Não tem problema, desde que salvemos essa expressão na variável.

tmp="${var%/*/*}"

Para se certificar de que a expressão está correta, vamos ver o que foi
salvo na var tmp:

echo "$tmp"

tmp agora possui '/usr/local'. Vamos então
deletar do início da string, todo o conteúdo que está em
tmp:

echo "${var#$tmp}"

É o mesmo que:

echo "${var#/usr/local/}"

Ou seja, deleta '/usr/local' deixando somente o final que
queriamos '/bin/my_script'. Faça você mesmo várias vezes e
invente exemplos próprios parecidos com esse até acostumar.

Mais um exemplo:

var="nada importante <jackpot> ... não interessa"

Agora, por algum motivo, queremos ficar somente com jackpot:

tmp="${var##*<}" # Remove do início até o <.
echo "${tmp%>*}" # Remove do > até o fim da string.

Pronto, só nos restou o que estava entre < e >.

Mais um exemplo:

      var="Isto é 'melhor' que aquilo."
      tmp="${var#*\'}" # Temos que escapar a aspa simples (\').
      echo "${tmp%\'*}" # Sobra apenas "melhor" (sem as apas).
    

Voltar


Trabalhando Com Posições Fixas – Ranges

Se sabemos quantos caracteres à direita ou a esquerda queremos, fica muito fácil:

var="ABCDEFGHIJ"

Mostramos somente os dois primeiros caracteres, ou seja, do zero ao dois:

echo "${var:0:2}"

Mostrar as últimas três posições, ou seja, da posição 7 a posição 10:

echo "${var:7:10}"

O mesmo pode ser conseguido com:

echo "${var:(-3)}"

Tenha cuidado com a sintaxe.

Em construção…

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Gilberto said, on 16 de maio de 2013 at 18:15

    Estou tentando usar o comando “${0%%/*}” para pegar o caminho e atualizar em banco de dados, mas retorna vazia a variável! Alguém sabe o pq ou outro jeito de fazer isso?

  2. Fernando Basso said, on 17 de maio de 2013 at 10:00

    Fui testar aqui, e fazendo um echo “$0” de dentro de um script está mostrando somente o nome dele, sem o caminho. Vou dar uma investigada nisso no fim de semana e posto aqui se encontrar respostas.

  3. Fernando Basso said, on 18 de maio de 2013 at 14:08

    Pelo menos aqui, se eu rodar o script a partir do meu $PWD, só mostra o nome do arquivo, sem o caminho, mas se rodar de outro lugar, mostra o caminho relativo ao current directory.

    Pelo que andei lendo, é mais complicado do que parece:

    http://mywiki.wooledge.org/BashFAQ/028


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: