Jedi Tux

Comentando Um Programa

Posted in Python by Fernando Basso on 8 de setembro de 2009

Comentários servem para ‘comentar’ o código fonte, e ajudar a lembrar o que o código faz. Não são mostrados na saída padrão. Use comentários habitualmente. É o que grandes programadores fazem. O Kernel Linux por exemplo, está repleto de comentários. É importante usa-los, pois assim fica fácil entender o código posteriormente, para modificar, corrigir bugs, ou adicionar features e melhorias no porgrama. Veja:

print(2 + 2) # Mostra o produto de 2 + 2.

Claro que este é um exemplo simples, mas dá pre ‘pegar’ a idéia.

Comentários devem ser curtos para não poluírem demais o código porém devem ser informativos e diretos.

É melhor que não haja comentário algum, do que um comentário errado,
que não condiga com o que o código realmente faz. Se modificar uma
parte do código que estava comentada, atualize o comentário de acordo
com o novo código. Não deixe pra depois.

Comentários se tornam imprescindíveis, principalmente em partes complexas do código. Neste caso, é muito que explique com clareza (mas sempre tentando ser direto) o que está acontecendo naquele pedaço de código, mesmo que não fique tão curto.
IMPORTANTE:
Por favor, USE COMENTÁRIOS EM SEUS PROGRAMAS. Mesmo que sejam só estudos. COMENTAR O CÓDIGO É UMA ARTE (assim como programar). É preciso ter muito feeling pra saber o que escrever e o que NÃO escrever.
Torne isto um hábito. Pense em comentários como amigos que te livrarão de perder horas tentando decifrar o que faz um pedaço de código. Sem contar, que estará ajudando outros que lerem o seu código, e até mesmo pessoas aprendendo a programar.

Anúncios

Hello_World.py

Posted in Python by Fernando Basso on 8 de setembro de 2009
#!/usr/bin/env python
# -*- coding: utf-8 -*-

import os
os.system ( "clear" ) # Limpa a tela.

print('Hello, World') # Uso da função print() para mostrar 'Hello, World'.

A primeira linha do programa procura onde, em nosso sistema operacional (GNU/Linux no caso) Python está instalado. Isso é o que permite que o programa seja executado. Para rodar o programa apenas digite python Hello_World.py. Ou digite chmod +x Hello_World.py e então ./Hello_World.py. Para estudar, não há necessidade de ficar dando permissão de execução nos seus programas, portanto use a primeira opção a não ser que você tenha outros motivos.

A função print() é usada para mostrar alguma coisa na saida padrão. A saida padrão no nosso caso, é o monitor de vídeo do computador.

String é um conjunto de caracteres. Em Python, strings devem estar entre aspas simples ou duplas.

import os importa algumas coisas do sistema operacional para que possam ser usadas no programa python. No GNU/Linux, clear é um comando que limpa o terminal, então estamos usando clear para limpar a tela ao executar nosso programa Python.

Tudo que vem depois do # é chamado de comentário. Importantes informações sobre este assunto encontram-se em Comentando um programa. Leia-o.

Finalmente, em Python os espaços são importantíssimos. Se você deixar um com um único espaço no começo da linha com print já receberá um erro. Há partes em um programa em que espaços são obrigatórios, e lugares que são proibidos. Vamos chegar lá. Por enquanto, apenas não coloque espaços no começo de linhas de código.

EXERCÍCIO:
Faça um programa limpe o terminal, e mostre o seu nome completo.

Python – Mais Exemplos

Posted in Python by Fernando Basso on 7 de setembro de 2009

#!/usr/bin/env python
# -*- coding: utf-8 -*-

import os
os.system ( "clear" )

# Aspas simples e duplas. (os espaços são preservados)
print("Bons estudos")
print('Aspas     simples   preservam os       espaços.')
print("Aspas     duplas           também.")

Caracteres especiais são caracteres que tem poderes especiais. Um exemplo são as aspas, que servem para dizer onde começam e terminam strings. Já o a ou o 1 por exemplo são caracteres comuns.

A barra invertida é usada para escapes e para criar meta-sequências.

Quando usada como escape ela tira o poder certos caracteres.
Quando usada para criar meta-sequências ela dá poderes à caracteres comuns.

Quando colocamos aspas para indicar o início de uma string, a próxima aspa que aparecer indica o fim/fechamento da string. Se quisermos que uma aspa não seja interpretada de tal modo, devemos usar a barra invertida \ para “escapar” a aspa e tirar seus poderes especiais.

# Escapando aspas.
print('That doesn\'t matter.')
print("Então ela gritou: \"Vá embora!\"")

Tome como exemplo o caractere n que é um caractere comum. Quando o precedemos com \ eles se únem para formar o que chamamos de caractere de newline (nova linha). Ele faz com que o que vier após seja mostrado em uma nova linha.

# Colocando 'n' após \ criamos a metasequência de newline.
print('Isto\né\num\nteste de\nnewline.')

Podemos usar aspas simples livremente dentro de aspas duplas e vice-versa.

# Use aspas simples livremente dentro de aspas duplas.
print("That doesn't matter.")
# Use aspas duplas livremente dentro de aspas simples.
print('Então ela gritou: "Vá embora!"')

Python ainda nos oferece aspas tríplices. Podemos usar aspas simples ou duplas livremente dentro de aspas simples.

# Use aspas simples ou duplas livremente dentro de aspas tríplices.
print('''
That doesn't matter. Não importa onde você
mude de linha.....
Então ela gritou: "Vá embora!"
Um copo d'água, por favor.
''')

print("""
That doesn't matter. Não importa onde você
mude de linha.....
Então ela gritou: "Vá embora!"
Um copo d'água, por favor.
""")

Como o caractere \ é um caractere especial, o que fazemos se quisermos que ele seja mostrado como caractere comum, sem os seus super-poderes? Simples! Basta ‘escapar’ ele. Ou seja escapamos o escape.

# Escapando o escape.
print("O caractere \\ foi escapado, e será mostrado como um caractere comum.")

–> LINHA FÍSICA é o que nós vemos como uma linha.
–> LINHA LÓGICA é o que Python vê como uma linha.
Outro uso da barra invertida é para continuar strings que não cabem em uma única linha física. Não deixe espaço após a barra invertida quando quiser continuar uma linha lógica na próxima linha física.

# Uma linha lógica em duas linhas físicas.
print('Esta é uma string muito longa, e por isso ela não caberia de maneira \
nenhuma em uma única linha física.') # NÃO deixe espaço depois do \ para conti-
# nuar uma linha lógica.

Outra coisa útil quando você quer imprimir uma string sem nenhuma interpretação de caracteres especiais ou metasequências, é usar raw strings. Assim todos os super poderes dos caracteres especiais são desbilitados. Um fato curioso, no entanto, é o \ usado para continuar uma linha lógica na próxima linha física. Embora ele está em uma raw string, ele continua tendo o poder de dizer ao Python para continuar a linha lógica na próxima linha física, e MESMO ASSIM, ele é mostrado pelo print() como um caractere comum.

print(R'Nova linha é conseguido com \n')
print(r"Isso\a não vai tocar o system bell, nem isto \t vai produzir\
um tab.")

Se você quiser pode emendar strings.

print('Qual é '       'o seu nome?') # Estas duas strings vão ser
# mostradas como uma única string.

EXERCÍCIOS:
1. Usando aspas simples, mostre as seguintes strings:
Hello. I’m seu_nome.
e
“Não vá embora”, ela suplicou.
2. Faça o mesmo com aspas duplas.
3. Faça o mesmo com aspas tríplices.

4. Mostre a seguinte frase em uma única linha lógica: “Um bom ensino da metemática forma melhores hábitos de pensamento e habilita o indivíduo a usar melhor a sua inteligência.”

5. Usando newline mostre a frase: “May the force be with you.”. Faça com que cada palavra fique um uma linha nova.